CURSOS UNIDADES QUERO DESCONTO

BLOG

Como lidar com a pergunta: “Qual a sua pretensão salarial?”

Como lidar com a pergunta: “Qual a sua pretensão salarial?”

Quanto você quer ganhar? Basicamente é isso que os recrutadores perguntam quando divulgam uma oportunidade de carreira.

postado 03 de out de 2016

Quanto você quer ganhar? Basicamente é isso que os recrutadores perguntam quando divulgam uma oportunidade de carreira. O melhor seria se pudéssemos ser sinceros neste momento e dizer realmente o quanto gostaríamos de ganhar, mas a verdade é que precisamos olhar para nossa experiência, a média de mercado e então definir o que responder na pretensão salarial.

Não é um exercício fácil, muito menos quando a empresa não dá nem uma pista de quanto está disposta a pagar. Seja no currículo ou no momento da entrevista, sempre fica um “clima” no ar quando a pergunta surge. E como se sair bem dessa? É o que veremos adiante!

Pretensão salarial no currículo, só se for solicitado

O currículo é a representação da sua trajetória profissional e pode vir acompanhado da sua última remuneração em cada cargo. Você pode inclusive demonstrar que teve crescimento profissional nas oportunidades anteriores.

Mas adiantar-se ao recrutador e ir de cara informando quanto você quer ganhar pode soar um pouco agressivo. Portanto, prefira omitir esse dado, a menos que a descrição da vaga peça que você informe. Se a empresa está pedindo sua pretensão salarial, existem duas estratégias: colocar já no início do currículo, o que pode significar o descarte da análise do seu perfil profissional ou deixar para o final, para que o recrutador primeiro conheça suas habilidades e experiências e possa avaliar uma possível negociação.

O aumento de salário não acontece da noite pro dia

Todos nós gostaríamos de ganhar um milhão de reais por mês e realizar muito pouco no trabalho. Entretanto, a vida não é tão fácil e você precisa ser bastante realista ao avaliar sua trajetória profissional e acadêmica.

Quem está apenas começando no mercado de trabalho não pode pretender o mesmo salário de quem está há dez anos na mesma função. Sendo assim, faça um exercício de autocrítica, avalie o que você considera justo como pretensão salarial e corra atrás dos seus sonhos capacitando-se constantemente.

Partir da média salarial do mercado é a melhor estratégia

Se você não tem ideia do que colocar na pretensão salarial, a melhor estratégia é partir para uma pesquisa na Internet. Visite sites de empregos, agências de vagas e confira quanto as empresas estão oferecendo para o mesmo cargo ao qual você está se candidatando.

Consultar pesquisas de remuneração também pode ajudar você a definir com maior precisão o que responder na pretensão salarial. Considere não só o salário bruto, mas os benefícios que vêm junto com a oportunidade, como: convênio médico e odontológico, participação nos lucros, etc.

Espere que o recrutador tome a iniciativa

Se você está na entrevista e até o momento não foi mencionado o tema “remuneração”, seja paciente e deixe que o recrutador entre no assunto. Certamente ele irá repassar os dados da vaga com você e mencionar a remuneração.

O importante neste momento é que você tenha feito a lição de casa e saiba se o valor oferecido está condizente com o mercado ou não, pois o recrutador estará de olho na sua reação e na sua resposta à pergunta “está dentro da sua pretensão salarial?”.

Mais do que saber o que colocar na pretensão salarial, saiba negociar

Falar em valores exatos, como R$ 2.529,30 é para concursos públicos, onde o órgão define os valores. No mundo corporativo sempre há espaço para negociações, portanto, prefira falar em faixas salariais.

Quando for questionado sobre qual é sua pretensão salarial, use termos como “entre R$ 2 mil e R$ 2,5 mil”, levando em consideração os benefícios que a empresa pode te oferecer. Se uma empresa oferece R$ 2 mil de salário, mais plano médico e odontológico, previdência privada, vale refeição e vale alimentação, creche para os filhos, é melhor pegar esse emprego do que o de R$ 2,5 mil que não oferece nada disso.

Outra questão importante na negociação é considerar as oportunidades de crescimento dentro da empresa. Para quem almeja permanecer mais tempo na mesma empresa e atingir cargos mais elevados, muitas vezes compensa aceitar o salário um pouco menor em nome do aprendizado e da oportunidade.

O que colocar na pretensão salarial é um tabu para muita gente, então o que você acha de compartilhar essas dicas com seus amigos? Confira também nossos posts sobre as perguntas para fazer em uma entrevista de emprego e as regras para cumprir ao participar de uma seleção.

Seu currículo está no alvo?

Responda ao quiz Currículo no Alvo da People e descubra se você está preparado para ser um campeão no mercado de trabalho. Não perca mais tempo e venha para a People!

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a deixar um comentário

©People. Todos os direitos reservados.
Av. Andrade Neves, 2538 - Campinas / SP | +55 19 3743 2000
©People. Todos os direitos reservados.
Av. Andrade Neves, 2538 - Campinas / SP | +55 19 3743 2000
©People. Todos os direitos reservados.
Av. Andrade Neves, 2538 - Campinas / SP | +55 19 3743 2000
Pearson - Always Learning