CURSOS UNIDADES QUERO DESCONTO

BLOG

10 perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego

10 perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego

Vai passar por uma entrevista de emprego e quer estar preparado para as perguntas do recrutador? Confira as perguntas mais comuns em entrevistas.

postado 05 de mai de 2016

Se você já passou por algumas entrevistas de emprego, deve saber que existem perguntas feitas pelo recrutadores que são consideradas básicas para se analisar o perfil de um candidato. Apesar dessas perguntas serem consideradas “padrão”, as respostas não são: tudo vai depender das características de personalidade que a empresa está buscando no momento. Por isso, é indispensável se preparar nestes quesitos.

Se é a sua primeira entrevista, lembre-se que você será avaliado em vários pontos além das suas respostas, como linguagem corporal e a sua presença pessoal. Por isso, é imprescindível estar atento a certas formalidades como trajar uma roupa adequada para a entrevista, manter a postura, falar corretamente o português e evitar o uso de gírias.

Agora que você já tem essas dicas na ponta da língua, saiba o que o recrutador quer dizer em cada uma dessas perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego:

1) Quais são os seus principais pontos fortes e fracos?

Aqui vale a pena ser realmente sincero sobre suas particularidades e não mentir para parecer outra pessoa, pois sua resposta vai conseguir expressar como você é de verdade. Os recrutadores estão acostumados a ouvir coisas como “sou criativo e teimoso” ou “sou flexível e ansioso”, então opte por outras qualidades que te definem. Tente passar uma ideia de personalidade cooperativa, entusiasta e prática. Porém, se não tiver como fugir das clichês, cite junto uma situação em que uma dessas características predominou e como você conseguiu resolvê-la. É importante mostrar o que você está fazendo para amenizar seus pontos fracos.

2) Por que você está interessado em trabalhar nesta empresa?

Esta pergunta é um teste para saber se você realmente está interessado em trabalhar lá e pesquisou sobre a empresa ou simplesmente mandou seu currículo e compareceu à entrevista apenas para participar da seleção. Para isso, use a Internet para pesquisar sobre avanços da empresa, cultura, valores e informações que vão fazer o recrutador saber que você se informou. É interessante demonstrar que seus princípios pessoais são compatíveis com os da empresa.

3) Por que você saiu do seu último emprego?

Tudo vai depender do real motivo de você ter decidido sair do emprego anterior. O mais aconselhável aqui é procurar o melhor ângulo do que aconteceu, não mentir ou falar coisas ruins da empresa anterior, já que tudo pode ser descoberto e pegar mal para você. Foque nos seus objetivos de carreira e sua necessidade de mudar alinhadas à sua atual postura profissional.

4) Você já teve um desentendimento com algum chefe?

É preciso muita atenção nesta resposta: se já teve, não exagere nos defeitos do chefe e tente explicar a situação e como ela foi rapidamente resolvida. Não é vantajoso dizer que vocês não se davam bem por motivos fúteis e, sim, porque vocês tinham opiniões e expectativas diferentes. Se não teve, mostre o quanto vocês se davam bem e como você não tem problemas em lidar com seus superiores.

5) Você prefere trabalhar em equipe ou sozinho?

É possível perceber traços de temperamento nesta pergunta, então tome bastante cuidado. Cite exemplos de trabalhos que fez em equipe e sozinho, mostre-se flexível para ambos e que é apto para se relacionar sem problemas com qualquer pessoa, assim como é capaz de realizar suas atividades sem o auxílio permanente de outra pessoa. Claro que vai depender do tipo de atividade do emprego, mas é comum no cotidiano os dois tipos acontecerem.

6) Você é capaz de trabalhar sob pressão?

Hoje em dia não é fácil achar um emprego que não tenha pelo menos um dia de pressão, maior movimento, tomada rápida de decisões ou prazos a serem cumpridos no tempo certo. Por isso, nunca diga que você não trabalha bem desta forma, já que pode ser um dos motivos de você não ser selecionado. Sempre dê respostas positivas, mostre que a pressão faz parte do trabalho, fale de situações que costuma passar que exigem prazos e como faz para descontrair após momentos de estresse.

7) Qual sua pretensão salarial?

Se o anúncio da vaga consta o valor o salário, responda o que viu no anúncio. Se a informação estava “a combinar”, é questão de negociação: pense no quanto você gostaria de ganhar de acordo com a sua experiência, o tamanho da empresa e os valores de mercado. Seja sincero e explique seus motivos ou tente uma negociação de um valor maior após o período de experiência.

8) O que você pode oferecer que outro candidato não pode?

Como você não teve acesso aos outros currículos, simplesmente diga que não pode responder com precisão por não conhecer as qualidades dos outros candidatos. Mas diga que conhece as suas competências, seu comprometimento e citar situações em que você fez a diferença em cargos anteriores.

9) Como você se imagina daqui a 5 ou 10 anos?

O objetivo desta pergunta é entender de que forma você planeja a sua carreira e se tem clareza sobre onde quer chegar e em quanto tempo. Deixe claro que também está pensando no agora, mas que pretende permanecer a longo prazo caso for contratado e progredir na empresa. Fale o quanto você quer formar uma carreira sólida e pretende que ela seja naquela empresa.

10) Ficou alguma dúvida?

Esta é a hora de você tirar todas suas dúvidas a respeito do trabalho. É pertinente perguntar sobre os detalhes das atividades desenvolvidas ou qual será o primeiro projeto a ser executado caso você for contratado. Para se destacar dos outros candidatos, aposte também em perguntas direcionadas ao recrutador, como “por que você escolheu essa empresa para trabalhar?" ou “posso entrar em contato com você para outros esclarecimentos caso tenha alguma dúvida?”. Escutar os motivos do recrutador mostrarão a você as oportunidades que existem dentro da organização, além de também manter portas abertas para futuros contatos entre você e a empresa.

Conquiste o mercado de trabalho com a People!

O mercado de trabalho está competitivo e quem está inserido não pode dar margem para perder sua “cadeira”. As empresas estão exigindo cada vez mais criatividade de seus colaboradores e a People está antenada a isso. Conheça o curso de Formação Profissional da People! Você vai receber a base necessária para tornar-se um profissional além das necessidades básicas de sua profissão. Cadastre-se no site e receba um desconto especial na matrícula!

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a deixar um comentário

©People. Todos os direitos reservados.
Av. Andrade Neves, 2538 - Campinas / SP | +55 19 3743 2000
©People. Todos os direitos reservados.
Av. Andrade Neves, 2538 - Campinas / SP | +55 19 3743 2000
©People. Todos os direitos reservados.
Av. Andrade Neves, 2538 - Campinas / SP | +55 19 3743 2000
Pearson - Always Learning