CURSOS UNIDADES QUERO DESCONTO

FANPEOPLE

Como fazer anotações em sala de aula

Listamos dicas essenciais e os principais métodos para você manter um caderno limpo e organizado!

postado 31 de jan de 2019

Anotações em sala de aula são vistas como motivo de preguiça entre alguns alunos, enquanto para outros é motivo de muito capricho. O que poucos sabem é que, na verdade, os professores têm muita razão em chamar a atenção e pedir que todos anotem as informações importantes durante a aula. Anotar é uma técnica simples, porém, essencial para auxiliar no processo de aprendizado, já que influencia diretamente a fixação e compreensão da informação.

Para ajudá-lo a otimizar suas anotações e torná-las ainda mais eficientes, nós organizamos este post reunindo não apenas dicas essenciais, mas também os métodos mais conhecidos para essa tarefa. Confira!

Anotar é importante

Enquanto assistimos a uma aula, acompanhar o ritmo do professor e anotar tudo o que ele diz é muito complicado, certo? Independentemente de utilizar um caderno ou optar por fazer as anotações em uma plataforma on-line, é natural selecionar as informações que julgamos mais importantes. O curioso é que nesse processo nós devemos compreender e absorver as palavras e conceitos para então filtrar aquilo que nosso cérebro considera significativo para entender o conteúdo.

Dessa forma, podemos afirmar que as anotações constituem um processo de síntese extremamente positivo para a aprendizagem. O benefício do ato de anotar está no exercício de compreender determinado conceito para depois transformá-lo com suas próprias palavras. Por isso, nada de pegar as anotações já prontas com os colegas ou tirar fotos da lousa! Anotar é muito importante para ajudar a fixar novas informações e, claro, dar aquela forcinha na hora de relembrar os tópicos abordados no livro quando vamos estudar para as provas.  

Dicas para anotações eficientes

Antes de explorar alguns dos diversos métodos para as anotações em sala de aula, há algumas recomendações simples, mas que podem fazer toda a diferença para você anotar informações de maneira organizada. Confira:

  • Anote a data e o tema da aula em destaque. Assim que o professor chegar, marque no caderno em qual dia você está assistindo à aula e qual será o principal assunto abordado. Essa é uma maneira prática e funcional de manter as anotações organizadas e sempre encontrar os tópicos importantes rapidamente.

  • Mantenha-se atento! É natural que aconteçam algumas fugas do assunto ao longo das aulas e, por isso, é necessário acompanhar as explicações para evitar confusões. Anote apenas os assuntos que considerar válidos e lembre-se de fazer alguma marcação para identificar que aquele tópico é apenas um complemento, e não o foco principal da explicação.

  • Use recursos visuais. Ao anotar informações, use setas, boxes e outras marcas visuais que podem ajudar você a relembrar palavras-chave ou tópicos importantes. O mesmo vale para cores diferentes, ou para as palavras sublinhadas ou com maior destaque. No entanto, é necessário cuidado para não deixar a página muito carregada de desenhos e atrapalhar a sua concentração não apenas durante a aula, mas também na hora de estudar o conteúdo.

Sistemas de anotação

Ao longo dos anos, foram desenvolvidos vários sistemas diferentes para realizar anotações, principalmente enquanto se assiste a uma aula no colégio ou na faculdade. Aqui, nós selecionamos e ilustramos quatro dos principais métodos para que você os conheça e possa decidir qual se adequa mais à sua personalidade e às suas necessidades. Acompanhe!

Anotações em tópicos

Além de mais simples, esse é também um dos métodos mais usados pelos estudantes. Nesse caso, as anotações são feitas seguindo níveis de hierarquia. Primeiro, anote o tópico principal da aula e, na sequência, vá marcando os demais subtópicos ou exemplos, sempre aumentando levemente o recuo à direita e dando a eles pesos diferentes. Assim, ao final da aula, você terá uma espécie de lista, na qual as informações estarão dispostas facilitando a percepção da sua relevância para o assunto central.

As anotações em tópicos são uma ótima opção para os alunos que gostam de organização, já que seguem um padrão fixo e bem rígido. No entanto, esse formato pode ser um pouquinho confuso para aqueles que preferem anotações mais visuais, já que nesse sistema os tópicos ganham uma aparência bem similar.

Método Cornwell

Criado por Walter Pauk, diretor do Centro de Estudos na Universidade de Cornell, em 1997, esse método também é muito utilizado, e envolve uma divisão interessante das folhas de anotação. A ideia é traçar uma nova margem à esquerda, a qual será chamada de Sugestões. Na sequência, ao pé da folha, trace uma reta horizontal para formar um quadro retangular que ocupe toda a extensão do papel. Esse espaço será chamado de Resumo. Por fim, o espaço maior, que ficará à direita da folha, será chamado de Anotações.

O curioso é que, segundo Cornwell, cada uma dessas novas seções da página será utilizada de uma maneira diferente. No quadro Sugestões, anote as palavras-chave ou expressões que merecem destaque ao longo da aula, bem como dúvidas ou questionamentos pontuais. No quadro maior, chamado Anotações, você pode anotar o conteúdo da maneira como sentir-se mais confortável, explorando exemplos e detalhes do assunto - aqui, vale apostar no método em tópicos, que explicamos anteriormente. O quadro ao pé da página será usado apenas após a aula, uma vez que a ideia é sintetizar no espaço Resumo as ideias aprendidas.  

Página dividida

O método da página dividida também traz uma nova maneira de organizar as informações na folha de anotações. Aqui, a página deve ser dividida por uma linha vertical, levemente mais próxima à margem esquerda. De um lado, você deve anotar as ideias principais e palavras-chave importantes para a compreensão do conteúdo. Do outro, as ideias secundárias, como exemplos, detalhes e definições teóricas.

Essa abordagem é uma ótima opção para quem tem dificuldade com a hierarquia de informações, já que a divisão entre as duas colunas permite que você perceba qual é o tema principal e, depois, explore seus conceitos e nuances no outro quadro.

Mapas mentais

Por fim, um dos métodos que mais vêm ganhando adeptos nos últimos anos. Os mapas mentais são um recurso interessante para sintetizar ideias e ainda torná-las agradáveis visualmente. O objetivo é que esses diagramas organizem conceitos relacionados a um conteúdo específico. O interessante desse recurso é que ele não se preocupa em dispor as informações de maneira hierárquica, mas sim no formato de uma teia de aranha, relacionando fatos e dados.

Para montar o seu mapa mental, basta colocar o tema principal ao centro, dando-lhe destaque. Na sequência, puxe setas, caixas e parênteses nos quais você pode ir adicionando novas informações e conectando-as aos poucos. Use a criatividade e organize o seu mapa da maneira que achar mais coerente com o assunto. Vale destacar que esse método é uma ótima opção para momentos de revisão, já que facilita o desenvolvimento de uma linha de pensamento sobre o seu tema central. Outra dica é que os mapas mentais podem ser boas soluções para os alunos que preferem aprender utilizando referências visuais.

E aí, com qual método você mais se identificou? :) O importante é encontrar aquele que proporciona a estrutura ideal para que você faça as suas anotações de maneira confortável, otimizando o seu tempo em aula e reunindo as informações mais importantes em um único espaço de maneira organizada!

Se você curtiu esse conteúdo, não deixe de conferir também as 7 coisas que você precisa saber para ser bem-sucedido no futuro, e ainda dê uma olhadinha na nossa lista com livros perfeitos para praticar a língua inglesa!

Tecnologia é na People!

Comece o ano com tudo! Seja um aluno People! Conheça nossos cursos e esteja à frente das inovações do futuro!

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a deixar um comentário

Mais Vistas

©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu