CURSOS UNIDADES QUERO DESCONTO

FANPEOPLE

O que é "hacking"?

Será que a palavra tem um sentido tão negativo assim? Descubra no post!

postado 24 de jan de 2019

O adjetivo hacker tornou-se uma palavra costumeiramente utilizada de maneira negativa, tratando de indivíduos que empregam seus avançados conhecimentos em computação para invadir sistemas e cometer crimes. Na verdade, essa é uma visão errônea que restringe demais o significado do termo.

Podemos colocar que a palavra hacker trata de alguém com uma avançada instrução em programação - bem como outros assuntos da informática - para explorar sistemas computacionais, descobrir seu funcionamento e realizar qualquer atividade. Isso pode envolver o roubo de informações, mas também diz respeito à utilização do conhecimento para gerar frutos positivos à sociedade.

Nesse sentido, é mais correto que se divida o conceito de hacker em dois grupos principais:

Black hat

O termo - em português traduzido como chapéu preto - é utilizado para designar os hackers que cometem infrações, invadindo sistemas para retirar informações. Eles também podem ser responsáveis pela criação de vírus ou qualquer outro malware com o objetivo de danificar máquinas alheias. Por ser um tipo de crime relativamente novo, o Direito pelo mundo ainda enfrenta problemas para estabelecer legislações compatíveis. Porém, nos últimos anos houve grande avanços nessa área.

White hat

Essa palavra da língua inglesa - que pode ser traduzida como chapéu branco em português - refere-se aos hackers que não se utilizam dos próprios conhecimentos em computação para cometer crimes, mas sim para auxiliar na segurança dos sistemas. Também são responsáveis por utilizar os conhecimentos para criar inovações e reformular recursos e ferramentas já existentes. Os produtos criados podem ajudar a população de muitas maneiras.

Significados de “hacking”

O termo em inglês é tido como o ato de programar ou utilizar qualquer outro recurso para tentar invadir ou modificar algum sistema. Porém, podemos estender o seu significado para o ato de realizar qualquer modificação em algum sistema.

Por exemplo, imagine que você modificou o código de algum aplicativo aberto para que ele funcionasse de um modo mais rápido e leve. Isso pode ser considerado um hacking, visto que você utilizou seus conhecimentos em programação para resolver problemas!

Cultura hacker

A cultura hacker é um termo que se refere à vontade dos indivíduos de buscar o máximo de conhecimento para entender a relação entre os computadores - bem como a tecnologia como um todo - e os seres humanos, além de aproveitar todo o potencial que o relacionamento possui. Quem se identifica com a causa também defende diversas pautas, como a utilização da internet sem amarras ou restrições de pacotes de dados e a divulgação livre do conhecimento para que todos possam criar e utilizar a tecnologia.

Ethical hacking

Profissionais com altos conhecimentos em programação podem ser contratados para invadir sites e encontrar falhas em sistemas de empresas. Com a autorização das marcas, o hacker trabalha para dar as orientações necessárias para melhorar a segurança, antecipando-se a um ataque real e maléfico que poderia ocorrer graças às brechas.

Pâncreas artificial

A americana Dana Lewis criou um sistema para diabéticos que une o monitoramento de glicose com a bomba de insulina. O objetivo é juntar os aparelhos e coletar os dados sobre a quantidade da proteína no sangue em tempo real. A partir daí, as informações são enviadas para um aplicativo no smartphone ou no smartwatch. Assim ele consegue determinar as quantidades necessárias para a bomba injetar no organismo da paciente.

A criação de Lewis mostra que o hacking pode ser amplamente utilizado para a resolução de problemas da sociedade. Ao desenvolver o conhecimento em programação e tecnologia, você consegue observar o que tem à sua volta e pensar em meios para melhorar serviços, ou encontrar descobertas que ajudem uma parcela da população.

Quer fazer parte disso? Então #partiu estudar tecnologia! Veja alguns posts que vão te ajudar com isso:

Como funciona uma impressora 3D?

8 dicas para começar a aprender a programar

Tecnologia é na People!

Quer ingressar na área de tecnologia? Seja um aluno People! Conheça nossos cursos e esteja à frente das inovações no futuro!

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a deixar um comentário

Mais Vistas

©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu