CURSOS UNIDADES QUERO DESCONTO

FANPEOPLE

Criar seu próprio jogo é mais simples do que você imagina. Veja como!

O seu sonho de criar games não é algo tão distante assim.

postado 19 de jun de 2018

Jogar é tudo de bom, mas você já pensou em criar os seus próprios games? Por conta de toda a tecnologia envolvida, isso pode parecer ser algo muito distante da nossa realidade, estando restrito às grandes empresas desenvolvedoras. Mas não é bem assim! Criar um jogo é mais simples do que você pensa. Vamos falar um pouquinho mais sobre isso:

Jogar bastante

Da mesma maneira que para escrever bem é preciso ler muito, para criar games é necessário jogar. Ao possuir experiência, é possível identificar os pontos principais que definem um jogo, como certos modelos utilizados na criação das histórias, por exemplo. Isso não significa que você deve passar todo o seu tempo jogando, mas sim aproveitar para ver a diversão também como um estudo.

Pensar no enredo

É preciso pensar em como será o seu jogo. Qual a premissa? Quais os personagens? Qual o estilo? Não precisa necessariamente de uma história extensa, mas algo que motive a pessoa a jogar. Saiba que as boas criações possuem boas pitadas de criatividade. Não quer dizer que você deve pensar em algo extraordinário, mas comece com coisas simples, como um joguinho puzzle de encaixar peças, por exemplo. Com o tempo, você pode se aprofundar ainda mais neste campo e criar games com personagens, mapas e enredos complexos.

Aprender programação

A base utilizada para criar jogos é a programação, em que você aprende a projetar comandos que serão utilizados. Por exemplo, em um jogo de aventura, é preciso programar todos os mapas da história, os movimentos que os personagens irão fazer, bem como todos os caminhos possíveis que podem ser resultado de diferentes ações. Tudo isso envolve um complexo trabalho matemático e de raciocínio lógico, habilidades que você irá desenvolver quando aprender a programar.

Ter noções de design

A programação faz a base digital dos jogos, mas ainda é preciso pensar no desenho da interface que será visto pelo jogador. Para fazer isso, você pode associar o seu projeto a um designer ou se especializar também em design de games. Saber de técnicas de imagem te ajuda a criar um visual mais bonito e atrativo para o seu jogo, algo essencial para torná-lo mais divertido.

Colocar a mão na massa

Agora que você sabe um pouco mais sobre o que é necessário para criar seus próprios jogos, é hora de começar! E o primeiro passo é aprender mais sobre programação para conseguir arquitetar todos os códigos de computador que estão envolvidos no processo. Daí para frente, é só praticar bastante para se tornar um grande criador de jogos e poder se divertir com os produtos que você mesmo fez!

E então, também está pensando em se aventurar na carreira de criador de games? Então acompanhe nossas publicações e fique por dentro do mundo da tecnologia:

Guia de profissão: programador

Mitos e verdades sobre tecnologia

Quiz: você entende tudo sobre internet?

Tecnologia é na People!

Gosta de tecnologia e quer ingressar na área? Seja um aluno People! Conheça nossos cursos e esteja à frente das inovações no futuro!

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a deixar um comentário

Mais Vistas

©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu