CURSOS UNIDADES QUERO DESCONTO

FANPEOPLE

Como braços robóticos funcionam?

Contamos aqui um pouquinho sobre a grande variedade de atividades em que essa ferramenta pode ser útil!

postado 21 de fev de 2019

Quem nunca sentiu uma pontinha de curiosidade ao imaginar como seria o dia a dia se tivesse um braço robótico em casa para ajudar nas tarefas diárias? O mecanismo pode ter inúmeros funcionamentos e ajudar em uma série de situações diferentes! Aqui, nós explicamos um pouquinho sobre as suas diversas  atividades, a maneira como eles trazem grandes contribuições para o cotidiano e como você pode fazer o seu próprio braço robótico em casa. Acompanhe.

O que os braços robóticos podem fazer?

A relação cada dia mais próxima com as inovações tecnológicas traz uma série de benefícios para o nosso dia a dia. Nesse sentido, os braços robóticos vêm ganhando cada vez mais espaço devido à grande gama de funções nas quais podem nos auxiliar. Desde no ambiente educacional até nas grandes fábricas e montadoras, o equipamento é capaz de realizar movimentos simples, porém extremamente importantes, como mover objetos, escrever, manipular pequenas peças com precisão ou mesmo fazer impressões 3D, por exemplo. Portanto, é comum encontrar braços robóticos de todos os tamanhos e com várias “carinhas” diferentes - desde os gigantescos, que auxiliam na montagem de carros, até aqueles responsáveis por tarefas mais simples e mecanizadas.

Outro grande diferencial é que essa tecnologia pode ser controlada de tantas maneiras que é possível adaptá-la aos objetivos finais de um projeto específico com facilidade. Seja por voz, pelo celular ou mesmo por movimentos e gestos, o braço robótico demonstra uma grande capacidade de se integrar ainda mais em nosso cotidiano.

De que maneira essa tecnologia impacta o nosso cotidiano?

Por hora, essa tecnologia vem auxiliando a traçar mudanças radicais na vida de algumas pessoas. Existem estudos com protótipos que originaram exoesqueletos, capazes de proporcionar ao seu usuário a retomada de movimentos antes comprometidos usando transmissores e tecnologias capazes de decodificar impulsos nervosos. O mesmo vale para projetos voltados à reabilitação da sensação do toque em pessoas cuja mobilidade é quase inexistente. Combinando o braço robótico a  sensores cerebrais, os cientistas já tornaram possível que um paciente com a sensibilidade comprometida sentisse novamente.

Ainda, estão sendo desenvolvidos braços robóticos cada vez mais inteligentes para a rotina de trabalho pesado. Há uma série de projetos voltados à otimização de tarefas que envolvem força, permitindo que o operador tenha muito mais facilidade para mover grandes estruturas e ainda mais precisão para realocá-las. Essa e muitas outras iniciativas destacam a importância de um trabalho conjunto entre homem e máquina.

É possível fazer um braço robótico com Arduino?

Sim! Apesar de não ser possível desenvolver projetos de nível técnico avançado em casa, ainda é possível usar algumas estruturas específicas e o conhecimento de programação para fazer um braço robótico com facilidade.

Um dos principais projetos da área, desenvolvido por um grupo de engenheiros da Califórnia, chama-se Dobot e consiste em um braço robótico programável com uma placa de Arduino. Com o código aberto, o Dobot permite que desenvolvedores e estudantes tenham ao seu alcance os instrumentos necessários para criar uma ferramenta de trabalho 100% modificável. Para isso, basta planejar o projeto, construir o braço robótico, escrever o código adequado e pronto! Você irá ganhar uma forcinha e tanto em algumas tarefas diárias; afinal, o principal objetivo dos braços robóticos é aproximar a tecnologia e a automação do dia a dia.

Inicialmente, o Dobot foi apresentado como um projeto para financiamento coletivo através do Kickstarter, e hoje é muito comum encontrá-lo não só em universidades, mas também nas high schools norte-americanas, já que essa abordagem permite o ensino e a aprendizagem da programação e de conceitos ainda mais avançados de automação em sala de aula. Portanto, se você decidir encomendar um para testar suas habilidades e ganhar uma mãozinha, é possível construí-lo e programá-lo para tarefas extremamente precisas, como decorar um lindo bolo com glacê! Interessante, não? :)

Por outro lado, caso você prefira opções nacionais, é possível encontrar modelos de braços robóticos mais acessíveis no mercado brasileiro. Há uma série de opções de estruturas feitas à base com MDF que, com a ajudinha de uma placa de Arduino, podem ser programadas e ajudar a treinar um pouquinho de robótica enquanto você se diverte! Os modelos costumam unir baixo custo e ótima funcionalidade.

E aí, já está pensando para que você usaria um braço robótico em casa se você tivesse um? Conta pra gente nos comentários de que maneira ele daria uma mãozinha no seu dia a dia! Se você curtiu esse texto, aproveite a visita ao nosso blog e confira também:

7 profissões que são a cara do futuro

Como praticar inglês com games

4 inovações da robótica que vão tornar a vida mais simples

Tecnologia é na People!

Comece o ano com tudo! Seja um aluno People! Conheça nossos cursos e esteja à frente das inovações do futuro!

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a deixar um comentário

Mais Vistas

©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu