CURSOS UNIDADES QUERO DESCONTO

FANPEOPLE

Como funciona um carregador por indução?

Entenda como funciona esse acessório!

postado 19 de fev de 2020

Ao mesmo tempo em que os celulares evoluem, os acessórios também acompanham as atualizações e novas funções oferecidas ao usuários. Um dos itens que está atraindo muitas pessoas é o carregador sem fio, ou carregador por indução. Mas como que a bateria de um celular pode ser carregada sem o uso de fios? Acompanhe o texto e descubra!

Como funciona?

O “segredo” é a indução eletromagnética da base de carregamento, que possui rolos de arame que formam um campo eletromagnético quando a corrente elétrica passa. As baterias dos smartphones e de outros aparelhos, que possuem bobinas compatíveis com os carregadores sem fio, são capazes de receber a força eletromotriz produzida por esse campo eletromagnético, sem precisar do contato direto. 

Os carregadores sem fio alcançam de 60% a 70% de eficiência, quando comparados aos com fio. Esse método foi desenvolvido para baterias de íons de lítio, muito comuns nos aparelhos atuais, já que são mais compatíveis com doses menores de energia durante o carregamento.

Padrões de carregamento sem fio

O líder desse mercado de carregadores sem fio é o padrão “Qi”, desenvolvido pela Wireless Power Consortium, que ficou mais popular graças à adesão da Nokia, com a fabricação do Windows Phone. Além disso, outras grandes empresas, como Motorola, HTC e Verizon, fazem parte desse padrão. Nos Estados Unidos, é comum encontrar dispositivos como o PMA Powermat, da Power Matters Alliance, que inclui marcas como AT&T, BlackBerry e Duracell. 

Quais são as vantagens e desvantagens?

O carregamento por indução é compatível com diferentes dispositivos, e essa é a principal vantagem. Se a fabricante adotar a tecnologia para os seus aparelhos, não é necessário mais se preocupar com tipos específicos de cabos e plugs. Mas há também a questão da portabilidade, que ainda não é o foco, já que as bases devem ficar ligadas na tomada.

As empresas estão concentradas em criar métodos de carregamento a distância, o que faria uma grande diferença para o usuário. Porém, há a desvantagem do preço, já que os modelos mais básicos custam aproximadamente 200 reais.

É provável que, futuramente, não existam mais cabos para os aparelhos que utilizaremos, unindo o carregamento sem fio com outras tecnologias, como a Intel Wireless Display(transmissão de vídeo), o Bluetooth, os mouses, os fones e os teclados. Assim, tudo poderá ficar bem mais simples e organizado, não é mesmo?

Continue acompanhando o blog da People para ler mais sobre tecnologia:

Como manter a saúde da bateria do seu celular

As principais assistentes de voz para a sua casa

Tecnologia é na People!

Quer ingressar na área de tecnologia? Seja um aluno People! Conheça nossos cursos e esteja à frente das inovações no futuro!

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a deixar um comentário

Mais Vistas

©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu