CURSOS UNIDADES QUERO DESCONTO

FANPEOPLE

Tela touch sem tela? Conheça o projeto Soli

Veja esse projeto da Google que pode mudar o formato que conhecemos dos celulares!

postado 20 de jun de 2019

Até lá pelo início da década de 2010, os celulares com teclas dominavam o mercado, principalmente depois do lançamento de modelos com teclado QWERTY. Porém, após a ideia do touch do iPhone se espalhar, aqueles pequenos botões simplesmente sumiram, e hoje a maioria dos aparelhos utiliza a sensibilidade ao toque para os comandos.

O que nós podemos projetar para o futuro? Será que as telas touch continuarão dominando o mercado? O projeto Soli é algo que pode questionar isso. Então, confira um pouco mais sobre essa tecnologia!

Projeto Soli

O projeto é desenvolvido pelo Google's Advanced Technology and Projects Group, ou ATAP. Como citam os próprios idealizadores, a proposta principal é utilizar os recursos de movimento da mão humana para interagir com a tecnologia. E é exatamente isso que o Soli faz! O microchip de apenas 8mm x 10mm consegue emitir ondas eletromagnéticas para capturar as diferentes movimentações dos dedos. A partir disso, o sistema interpreta o sinal e realiza comandos.

A tecnologia de captura de movimento já existe e está nas casaa das pessoas, como o próprio Kinect, da Microsoft. Porém, o Soli procura se destacar pelo tamanho reduzido e pela precisão da sua capacidade de captura. As ondas emitidas pelo microchip podem ler até mesmo os movimentos mais sutis e rápidos produzidos pelos dedos.

Como funciona?

O chip cria um campo eletromagnético que pode capturar os movimentos até uma certa distância. Esses gestos, então, são traduzidos para o formato de ondas de rádio, como demonstra a imagem oficial divulgada pela Google:

Para conseguir dar os comandos necessários, o sistema da Google precisa ser alimentado com os significados de cada gesto. Com os avanços das pesquisas, os desenvolvedores conseguem “ensinar” ao Soli que pressionar o polegar contra o indicador também denota o ato de apertar um botão. Assim como deslizar um dedo sobre o outro significa o movimento de slide na tela.

Expectativas para o futuro

A ideia já pode ser considerada um projeto antigo, visto que os primeiros anúncios foram feitos em 2015. Porém, a tecnologia ainda tem muito para evoluir, e as expectativas são de que esses microchips sejam utilizados dentro de gadgets como computadores, smartphones, tablets ou relógios inteligentes. Assim, seria possível permitir a movimentação das telas sem a utilização do touch, instaurando uma nova era no mundo dos celulares.

Quer conhecer mais sobre o Soli? Então veja o vídeo oficial divulgado pela Google ATAP. Não se esqueça de ativar as legendas, hein? Ou então aproveite para treinar o inglês. ;)

Veja mais posts de coisas da tecnologia que você precisa conhecer:

Qual a diferença entre realidade aumentada e realidade virtual?

Telas dobráveis: essa tecnologia vai vingar?

Como funciona uma impressora 3D?

Tecnologia é na People!

Quer ingressar na área de tecnologia? Seja um aluno People! Conheça nossos cursos e esteja à frente das inovações no futuro!

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a deixar um comentário

Mais Vistas

©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
©People. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu